Patches: onde comprar + inspirações

Você provavelmente já viu por aí (pelo menos na internet) alguma jaqueta/camisa/calça com patches. Essa moda era lá dos anos 90 e agora voltou com tudo! No Rio Moda Rio, inclusive, várias pessoas estavam desfilando seus looks com esse toque divertido. Algumas lojas vendem as peças já com patches, mas você os encontra vendidos separadamente para personalizar suas roupas do seu jeito!

Eu acho a ideia tão bacana que resolvi pesquisar inspirações e onde comprar patches aqui no Brasil (e achei muita coisa bacana).

Começando pelas inspirações (que são em jeans, mas a aplicação dos patches pode ser em outros tecidos também):

PhotoGrid_1466793305628

Agora, onde encontrar patches com a sua cara?

Continuar lendo “Patches: onde comprar + inspirações”

Anúncios

Como ter uma bolsa personalizada

Já falei muito aqui de bolsas divertidas e o quanto eu gosto delas e hoje o assunto é mais ou menos esse. Tenho visto por aí muitas bolsas personalizadas. Fuxicando pela internet, achei o blog da Juliana Ali – o Juliana e a Moda – e a moça customiza maravilhosamente bem bolsas de grife. Fiquei com uma certa inveja vontade de ter uma. Infelizmente, ainda não tenho minha it bag para isso.

Mas, como aqui a gente persiste no negócio, encontrei maneiras de gente como a gente ter uma bolsa com a nossa cara!

  1. Comprando sua bolsa já personalizada

Vamos começar pelo método mais prático.

tagmeNa  Schutz você pode personalizar sua bolsa com stickers. Você escolhe o modelo e os adesivos que quer e o preço vai variar com as suas escolhas, as bolsas têm preços diferentes e cada sticker custa R$20.

mimis2

Outro site que também oferece bolsas customizadas é o MIMs Bags. Lá, você pode escolher o modelo, as cores e texturas, tipo de alça e tamanho e ainda pode adicionar enfeites, fechos, penduricalhos e tachinhas! Os preços só variam dependendo de alguns detalhes – se você quiser uma alça com corrente, por exemplo, vai desembolsar R$15, mas nada absurdo – e são bem justos.

2. Aplicando patches

No site Objetiva Bordados você encontra patches de todos os tipos para aplicar em tecidos – ou seja, além de personalizar bolsas, você pode personalizar roupas. Aqui ensina como aplicar direitinho.

3. Pintando com esmalte

carries

A técnica é basicamente jogar esmaltes diferentes por cima da bolsa, mas a Bruna Vieira, do blog Depois dos Quinze, explica como fez aqui.

Gostou das ideias? Já fez alguma coisa parecida ou conhece outras técnicas? Comenta aqui! 🙂

 

DIY: quadrinhos decorativos

Há algumas semanas, minha amiga Luciana me fez um pedido com uma proposta. Ela estava fazendo quadrinhos estampados para dar uma renovada no quarto dela. O pedido era para editar uma imagem que ela queria usar e a proposta era fazer um post aqui no blog sobre sobre como ela fez os quadros. Achei muito legal, porque a Lu tem muita habilidade para artes manuais (enquanto eu tenho zero) e agora ela tem uma lembrança de mim em casa, hehe!

Vamos começar pelos quadros que ela fez sozinha. As explicações são com ela. 🙂

b90ba2fb-a5e1-4c63-b857-01ff2947b185

Trio de quadros

Comprei três telas de 12x12cm e profundidade de 3cm. Escolhi três folhas que são usadas pra montar scrapbook – todas elas com estampas e tons que combinam com meu quarto -, mas também dá pra usar um pedaço de tecido ou papel de presente (aprox. 30x30cm). O que fiz foi usar as folhas para “encapar” as telas, fixando atrás com cola quente. Colei na parede com fita que fixa quadro para não precisar furar.

Eu entro no quarto quadro. A Lu me mandou a imagem abaixo e pediu para eu replicar a imagem quatro vezes e, consequentemente, aumentar a qualidade, e também deixar o fundo mais para o azul:

Butterflies

Com o auxílio do querido Photoshop (♥), transformei a imagem nessa:

borboletas_3

que virou esse quadrinho:

quadrinho_lu

E a Luciana fez da seguinte forma:

Quadro de borboleta

Usei um portarretrato de madeira e pintei a moldura com tinta acrílica branca. Encontrei na internet uma estampa que eu gostava e combinava com as cores do quarto. Tive a ótima ajuda da Renata, que replicou a estampa e finalizou com o tom de azul que eu queria. J Depois foi só tirar o pezinho que deixa o portarretrato em pé pra botar na parede. Aqui também usei a fita que fixa quadro para pendurar. O legal é que se enjoar, é só imprimir outra imagem que vira um quadro novinho.

Eu até me animei a fazer umas imagens no computador para virarem quadros! Se eu fizer mesmo, mostro aqui!

Mas e aí, gostaram? É uma ótima dica para dar uma renovada no quarto (sala, cozinha, banheiro) sem gastar muito e com a sua cara! 😀

Meu planner ficou pronto! (e lindo)

Como tinha falado aqui, eu tava fazendo meu Daily Planner, que é uma super agenda onde você planeja toda a sua vida (no caso, seu ano), suas tarefas, horários, eventos, etc. Eu até compraria um, se não fosse o preço, então decidi eu mesma fazer. Deu um trabalhão, porque cada hora eu inventava de colocar mais coisa, dali a pouco eu via que algo não era necessário e, depois de muitas edições, consegui fechar o arquivo!

Eu já tinha um fichário (bem velhinho, de antes do Ensino Médio) aqui em casa, logo não precisei encadernar, apenas fazer tudo nas medidas certas. Só no computador eu demorei uns dois dias quase inteiros e o resto da semana arrumando os detalhes. Depois, era hora de comprar coisas: canetas coloridas, adesivos, clipes, post-its e marcadores de páginas.

Arrumei uma gráfica bem legal (e perto de casa) para fazer a impressão de tudo, eles ainda fizeram os furos das páginas e colocaram tudo na ordem certinha no meu fichário – além do preço ter sido bacana, os caras foram bem honestos comigo e minhas ideias do que sairia em conta ou não.

Ficou pronto rapidinho, de um dia para o outro. Busquei ontem e hoje foi o dia das fotos para mostrar pra vocês! Uma amiga da minha mãe viu, gostou e acabou pedindo um pra ela (lógico que personalizado de acordo com o trabalho dela e encadernado)!

Então, aí vão as fotos do meu planner! 😀

E aí, o que acharam?